• Tomo I – Artigos temáticos: Corrupção e crimes afins: CORRUPÇÃO, estamos falando de quê?
  • CORRUPTION, what are we talking about?
  • Edmar Jorge de Almeida
    • Resumo
    • Este trabalho traça um cenário da corrupção como fenômeno humano recorrente, desde a sua milenar origem irradia seus efeitos sobre indivíduos e instituições, comprometendo os valores e direitos fundamentais da pessoa humana. Procura identificar sua natureza e características no esforço prospectivo de teóricos contemporâneos, para delimitar o campo conceitual de incidência. A literatura estudada reflete a enorme dificuldade de combater a conduta, exigindo abordagem multidisciplinar. Revela que ninguém há que poderá se considerar invulnerável ao contágio virulento, nem instituição alguma que esteja infensa aos seus nefastos efeitos. Ao fim, a constatação de que se trata de uma ameaça às Democracias e aos direitos fundamentais da pessoa humana, dever do Estado em combatê-la, direito e responsabilidade de todos em concorrer para a sua erradicação.
    • Palavras-chave
    • Corrupção. Conceito. Origem e efeitos. Instituições públicas e privadas. Invulnerabilidade.
    • Referências
    • BARBOSA, Márcia Noll. O Combate à Corrupção no Mundo Contemporâneo e o Papel do Ministério Público no Brasil, http://www.mpf.mp.br/atuacao-tematica/ccr5/noticias-1/eventos/docs-monografias/monografia_3_lugar.pdf.
      Conheça os escândalos mais recentes na igreja em vários países. O Globo. Disponível em: https://oglobo.globo.com/mundo/conheca-os-escandalos-mais-recentes-na-igreja-em-varios-paises-3034050. Acesso em: 25 ago. 2020.
      COSTA, Gilberto. Analfabetismo resiste no Brasil e no mundo do século 21. Agência Brasil. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2019-09/analfabetismo-resiste-no-brasil-e-no-mundo-do-seculo-21. Acesso em: 25 ago. 2020.
      HERCULANO, José Herculano. A Agonia das Religiões. São Paulo: Ed. Paideia Ltda, 4. ed. 1994.
      JÚNIOR, Temístocles Murilo Oliveira; COSTA, Frederico José Lustosa da; MENDES, Arnaldo Paulo. Perspectivas teóricas da corrupção no campo da administração pública brasileira: características, limites e alternativas. Revista do Serviço Público. V.67, 2016.Enap. Disponível em : https://revista.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/881.
      KLITGAARD, Robert. A Corrupção sob Controle, Jorge Zahar Editor, 1994, p. 23.
      KRAMER, Samuel Noah. La historia empieza em Sumer. Ed. Orbis S.A., 1985, p. 51; En consecuencia, Ur-Nammu eliminó los falsarios y los prevaricadores o, como los designa el código, los «rapaces», que se apropiaban de los bueyes, los carneros y los asnos de los ciudadanos. Además estableció un conjunto de pesas y medidas honradas e invariables. Disponível em http://www.manuelosses.cl/VU/La%20Historia%20Empieza%20en%20Sumer.%20Samuel%20Noah%20Kramer.pdf.
      MASLOW, Abraham H. (1987). Motivation and personality New York, (3rd ed.), p.93.
      MIRANDA, Luiz Fernando, Unificando os conceitos de corrupção: uma abordagem através da nova metodologia dos conceitos, Revista Brasileira de Ciência Política, n. 25. Brasília. Janeiro – abril de 2018, pp. 237-272; DOI: 10.1590/0103-335220182507.
      NORBERTO Bobbio, Nicola Mateuti e Gianfranco Pasquino, in Dicionário de Política, Ed. UnB, 10. ed. p. 291:
      OLIVEIRA JUNIOR, Temístocles Murilo, Frederico José Lustosa da Costa, Arnaldo Paulo Mendes, Revista Serviço Público Brasília 67 (Especial) 111-1382016;
      ROSE-ACKERMAN, Susan. Trust, Honesty and Corruption: Reflection on the State-Building Process, p. 3. Disponível em: http://papers.ssrn.com/abstract=283429.
      SCHMIDTH, Pedro Antônio, Psiquiatra, pesquisador do Instituto do Cérebro da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - Inser/PUC-RS. (Correio Braziliense, 1 jul 2018. Jornalista Paloma Oliveto).
      SIMON, Robert. Americas Quartely, O Mito duradouro do Militares “não-corruptos”. Política, Negócios e Cultura nas Américas, 11 dezembro 2019;
      STIGLITZ, Joseph E. em “The Price of inequality”, O Preço da Desigualdade, Ed. Bertrand Editora, Lisboa, 1. ed., setembro 2013.
      VARGAS, André. Larápios de farda. Revista Istoé. Disponível em: https://istoe.com.br/larapios-de-farda/.
      WHITLOCK, Craig, The Washington Post, Consumido pela Corrupção, 9 dezembro 2019.
    • Abstract
    • This work traces a scenario of corruption as a recurring human phenomenon, since its millenary origin radiates its effects on individuals and institutions, compromising the fundamental values and rights of the individual. It seeks to identify its nature and characteristics in the prospective effort of contemporary theorists, to delimit the conceptual field of incidence. The studied literature reflects the enormous difficulty in combating conduct, requiring a multidisciplinary approach. It reveals that there is no one who can consider himself invulnerable to virulent contagion, nor any institution that is vulnerable to its harmful effects. In the end, the realization that this is a threat to Democracies and to the fundamental rights of the individual, the State´s duty to figth it, everyone's right and responsibility to contribute to its eradication.
    • Keywords
    • Corruption. Concept. Origin and Effects. Public and Private Institutions. Invulnerability.
    • pt_BR